segunda-feira, setembro 29, 2008

[INFO] Last Graph: o Last.FM ao vivo e a cores

O Last Graph é um site onde, partindo da conta do Last.FM se pode visualizar as nossas preferências musicais desde que tenham sido scrobbladas nesta rede.

O efeito final é muito agradável e consegue-se ter uma timeline com aquilo que ouvimos, quando ouvimos e quanto ouvimos. O resultado é um gráfico com cores variadas (que diferenciam os artistos uns dos outros) personalizáveis dentro das paletes propostas e exportável para PDF e outros formatos. É possível, ainda, exportar a informação para XLS (Excel).

É um serviço gratuito e para aceder aos gráficos basta inserir o username na página do Last Graph, esperar uns segundos e já está! Atenção que este gráfico não é o meu: O dono so mesmo ouve Artic Monkeys... :P:



A versão Premium inclui a possibilidade de se fazer assinaturas dinâmicas e hotlinking para um site.

terça-feira, setembro 23, 2008

[NETAUDIO] Compilação do Beats Play Free: Música livre, grátis e escolhida a dedo.



O Beats Play Free (BPF) é uma plataforma informal de divulgação da música livre e gratuita editada segundo licenças Creative Commons. Começou como blog, passou a organizar noites animadas por DJ sets e live acts por esse país fora, criou um podcast - ainda em fase intermitente, e agora estreia-se na edição de colectâneas musicais.

Dele fazem parte vários elementos, desde responsáveis por netlabels nacionais, a músicos e produtores, passando por radialistas, bloggers e activistas da cultura livre. Pessoas diferentes, com histórias distintas e gostos diversos, unidas por uma causa: a música livre.

Sazonalmente, correspondendo a cada uma das estações (Outono/Inverno/Primavera /Verão) do ano, o BPF irá editar uma colectânea reunindo as escolhas musicais dos seus membros.

O nome da colectânea será sempre o da respectiva estação, de cada uma das vezes em diferentes línguas. Esta primeira edição tem o título осень (Outono em russo).

“осень” reúne 19 sugestões, que vão desde temas mais antigos e com alguma história até outros acabadinhos de sair do forno, da electrónica, ao rock, passando pela indietronica, pelo experimentalismo ou pelo dub, de netlabels nacionais e de outras sediadas nos quatro cantos do mundo, cantados e instrumentais, de produção nacional ou não, incluindo, até, dois temaa inéditos.

“осень”, reflecte a diversidade de experiências e a pluralidade de gostos dos membros desta plataforma. Em “осень” ainda brilham alguns raios de sol, mas já caiem uns pingos de chuva, e já se ouve o vento soprar com alguma intensidade, arrancando as folhas das árvores; ainda se veste algodão, mas já se anda com a lã a tiracolo; ainda há alguma cor mas os tons cinzentos ganham espaço; e muitas das paisagens sonoras propostas já carregam muita da melancolia própria desta estação do ano em que os dias encolhem e as noites crescem.

Bem-vindos a “осень”! Esperamos que gostem!

+ info:
» Download (grátis!) aqui
» Beats Play Free (blogue)
» Beats Play Free (MySpace)

sexta-feira, setembro 19, 2008

[INFO] Alerta geral! Saldos na Flur



Mais info aqui.

terça-feira, setembro 16, 2008

[INFO] Richard Wright morre aos 65 vítima de cancro



Quando morre alguém que não conhecemos, mas que acompanhou parte da nossa vida (aquela parte mais sensível e mais alerta) ficamos com uma sensação estranha: A tristeza da morte de alguém que não nos é nada, mas com a qual tanto partilhámos, demos e recebemos. É uma tristeza muito própria de uma parte de nós que também morre.

Tinha 65, um cancro (facto desconhecido por muitos), talento e uns olhos que mostravam uns Pink Floyd mais doces e amigos que as habituais lutas Gilmour-Waters.

A sua discrição era magnética dançando com os dedos nas teclas e completamente rodeado de teclados e sintetizadores, punha a música dos Floyd a planar.

Morre aos 65 anos o membro mais discreto do Pink Floyd afirmando que os PF nunca mais se vão reunir.

Descansa em paz.

Da BBC:
«Pink Floyd keyboard player and founder member Richard Wright has died, aged 65, from cancer.

Wright appeared on the group's first album, The Piper at the Gates of Dawn, in 1967 alongside lead guitarist Syd Barrett, Roger Waters and Nick Mason.

Dave Gilmour joined the band at the start of 1968 while Barrett left the group shortly afterwards.

Gilmour said: "No-one can replace Richard Wright - he was my musical partner and my friend."

Writing on his website, he added: "In the welter of arguments about who or what was Pink Floyd, Rick's enormous input was frequently forgotten."

Wright's spokesman said in a statement: "The family of Richard Wright, founder member of Pink Floyd, announce with great sadness that Richard died today after a short struggle with cancer.

"The family have asked that their privacy is respected at this difficult time."

He did not say what form of cancer the self-taught keyboard player and pianist had.

Live 8

Wright, a founder member of The Pink Floyd Sound - and other previous incarnations including Sigma 6 - met Waters and Mason at architecture school.

Wright rejoined Pink Floyd for the London Live 8 concert in 2005

Pink Floyd achieved legendary status with albums including 1973's The Dark Side Of The Moon, which stayed in the US album chart for more than a decade.

Wright, known as Rick earlier in his career, wrote The Great Gig In The Sky and Us And Them from the album.

Waters left the band in 1981, performing his last concert at London's Earls Court.

Wright, together with Gilmour and Mason, continued to record and tour as Pink Floyd during the remainder of the 1980s and into the 1990s, releasing their last studio album - The Division Bell - in 1994.

In 2005, the full band reunited - for the first time in 24 years - for the Live 8 concert in London's Hyde Park.

Wright also contributed vocals and keyboards to Gilmour's 2006 solo album On An Island, while performing with his touring band in shows in Europe and the US.»

Comunicado completo de David Gilmour:
«No one can replace Richard Wright. He was my musical partner and my friend.

In the welter of arguments about who or what was Pink Floyd, Rick's enormous input was frequently forgotten.

He was gentle, unassuming and private but his soulful voice and playing were vital, magical components of our most recognised Pink Floyd sound.


I have never played with anyone quite like him. The blend of his and my voices and our musical telepathy reached their first major flowering in 1971 on 'Echoes'. In my view all the greatest PF moments are the ones where he is in full flow. After all, without 'Us and Them' and 'The Great Gig In The Sky', both of which he wrote, what would 'The Dark Side Of The Moon' have been? Without his quiet touch the Album 'Wish You Were Here' would not quite have worked.

In our middle years, for many reasons he lost his way for a while, but in the early Nineties, with 'The Division Bell', his vitality, spark and humour returned to him and then the audience reaction to his appearances on my tour in 2006 was hugely uplifting and it's a mark of his modesty that those standing ovations came as a huge surprise to him, (though not to the rest of us).

Like Rick, I don't find it easy to express my feelings in words, but I loved him and will miss him enormously.

David Gilmour
Monday 15th September 2008»

"Comfortably Numb" com David Gilmour e Rick Wright:

sexta-feira, setembro 12, 2008

[INFO] Novo disco de Max Tundra



Max Tundra (ou Ben Jacobs) tem um novo disco que vai ser lançado pela Domino ainda este ano sob o nome "Parallax Error Beheads You".

A review que acompanha o notícia de lançamento do disco não pode ser mais promissora: "(...) What sets Max Tundra apart from any other band in the world is his attention to detail. This album is impossibly full of ideas, seeking out every imaginable sound in the world and giving each their own curtain call. When you listen to this album, you'd think that it was made by an eccentric millionaire, with every name-brand pop music producer in the world contributing their own two seconds of material. Upon closer inspection, you'd realize that it's been six years since “Mastered By Guy At The Exchange”; in that time, Max probably hasn't had a single good night's sleep.

I can't compare this record to any record I've ever heard before. Even Max's previous records are a distant echo. It is dance music, it is discourse, it is teen sex comedy, it is a video game, it is a dance troupe, it is a thirteen course meal with Amontillado. It is shock and awe. Listen and be humbled."

A utilização de material mais antigo é defendida pelo próprio Max Tundra "There are no modern-day computers on this record. My PC is strictly for emails and Photoshopping the words Max Tundra into Coldplay line-ups. The main technology behind this and all of my albums has been the Commodore Amiga 500 - bestselling home computer at the time - running a $1 public domain software tracker program. The sounds don’t emerge from the Amiga itself however; the machine is used to control various synths, samplers and the like I look at columns of numbers all day on the screen of a black and white television; these digits relate to pitches, durations and tones. A lot of the noises on my record are real; the cello, bass guitar, drums, piano, trumpet and others are all rehearsed and played by me, but sometimes I will use realistic fake versions of these noises. Each song is recorded in a different way; drumkits are recorded on mono cassette recorders twice, then stuck together on the left and right of a mix; string arrangements are planned and then layered up; each note of an electric guitar is sampled so that it can be sequenced in ways too complicated for my fat fingers to play at full speed. And then I have a cup of tea and sing my heart out."

quinta-feira, setembro 11, 2008

[INFO] Beats Play Free em Torres Novas



O Trampolim Bar em Torres Novas é a próxima paragem das noites BPF. No dia 27 de Setembro, Motown Junkie [da Phonotactics Netlabel] e a dupla BioniC serão os convidados desta primeira incursão num local com alguma tradição em eventos de música electrónica. Motown Junkie apresentar-se-à em formato live act e os BioniC cruzarão sons oriundos das mais diversas netlabels. A partir das 23hoo o netaudio toma de assalto a instalação sonora do Trampolim para uma noite que se prevê longa.

É aparecer!

segunda-feira, setembro 01, 2008

[DISCO] VA - Thoughts About Music



Versus é uma comunidade virtual, ou fórum, com mais de 5 anos de existência e cujo objecto principal é a música em geral e a electrónica em particular. Por lá abundam melómanos, DJ’s, produtores e curiosos em relação ao fenómeno musical.

Como em qualquer outra comunidade trocam-se ideias sobre os mais diversos assuntos desde a música ao futebol passando pela política. Mas lá mostram-se, também, os últimos dj sets ou as últimas malhas produzidas. A verdade é que o talento abunda. E com os avanços tecnológicos e a cada vez maior facilidade no acesso aos meios de
produção, nos últimos tempos, à qualidade juntou-se a quantidade.

Assim surgiu, com a maior das naturalidades, este projecto de se fazer uma colectânea com temas de produtores que por lá costumam partilhar o seu trabalho.

Aproveitando as licenças da Creative Commons, fazendo uso do archive.org e juntando a criatividade de todos quantos quiseram fazer parte desta iniciativa, nasceu a colectânea “Thoughts About Music” que reúne 12 temas de 9 produtores, alguns mais conhecidos e com trabalhos já editados, outros ainda à procura do seu lugar ao sol, mas todos eles com enorme valor e potencial.

Sonoridades diversas quase sempre mais viradas para o dancefloor e que traduzem na perfeição a criatividade, o valor e a imaginação que quase sempre andam escondidas em estúdios improvisados em pequenos quartos espalhados por esse Portugal e que agora pretendemos dar a conhecer ao mundo.

Link.

 

 

 

Informação sobre o blog (para ler aquando da primeira visita a este blog)

 

Email:

 

 

(Instruções: o que é e o que é preciso fazer?)

 

Emissões:

Podcast 1

Podcast 2

Podcast 3

Podcast 4 (emissão especial)

Podcast 5

Podcast 6

Podcast 7

Podcast 8

Podcast 9

Podcast 10

Podcast 11

Podcast 12

Podcast 13

Podcast 14

Podcast 15

Podcast 16

Podcast 17

Podcast 18

Podcast 19

Podcast 20

 

 

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Fevereiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Novembro 2005

Dezembro 2005

Janeiro 2006

Fevereiro 2006

Março 2006

Abril 2006

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Abril 2007

Maio 2007

Junho 2007

Julho 2007

Agosto 2007

Setembro 2007

Outubro 2007

Novembro 2007

Dezembro 2007

Janeiro 2008

Fevereiro 2008

Março 2008

Abril 2008

Maio 2008

Junho 2008

Julho 2008

Agosto 2008

Setembro 2008

Outubro 2008

Novembro 2008

Dezembro 2008

Fevereiro 2009

Março 2009

Abril 2009

Maio 2009

Junho 2009

Julho 2009

Agosto 2009

Outubro 2009

Novembro 2009

Dezembro 2009

Janeiro 2010

Current Posts

 

 

 

[PODCAST] Emissão 20

 

[OPINIÃO] Newsletter da Flur

 

[INFO] Novo tema dos Portishead

 

[OPINIÃO] Entrevista a António Sérgio pelo Vítor J...

 

[CONCERTO] Muse ao vivo no Pavilhão Atlântico

 

[INFO] Sites e música a rodos

 

[INFO] "Bohemian Rhapsody" pelos Marretas

 

[INFO] Duo Siqueira Lima

 

[OPINIÃO] António Sérgio

 

[INFO] Steppas Deligh Vol. 2

 

 

 

 

Posts referentes aos discos mais marcantes de cada redactor do "otites":

 

Juiz:

[DISCO(s): marcante(s)] “Três Selecções

 

Work Buy Consume Die:

[DISCO: marcante] “Blue Lines” Massive Attack

 

Rudi:

[disco mais marcante] "Specials" The Specials

 

Serebelo:

[Disco mais marcante] "Hope Blister" ...smile´s ok

 

Escrito:

[discos mais marcantes] Três selecções

 

Kid Cavaquinho:

[disco mais marcante] Alpha - Come From Heaven

 

CrazyMaryGold:

[discos mais marcantes] Incunabula & Amber...

 

 

Work Buy Consume Die:

 

Escrito:

Rudi:

The English Beat - Beat This
Erode - Tempo Che Non Ritorna
Dance Hall Crashers - 1989-1992 (1993)
One Step Beyond - 45 Classic Ska Hits
The Redskins - Neither Washington Nor Moscow

 

Serebelo:

Tom Zé - Imprensa Cantada

Gorillaz - Demon Days

Bloc Party - Silent Alarm

Arcade Fire - Funeral

!!! - Louden Up Now

 

Kid Cavaquinho:

Africa Funk - Vol. 1

Cubanismo! - Malembe

Gor - Crosaides

Zeca Afonso - Galinhas do mato

Rão Kyao - Porto alto

 

 

 

1 Pouco Mouco

Alta Fidelidade

A Big Black Boat

A Vítima Respira

Braindance

Bitlogger!

Caixa de Ritmos

Clube de Fans do José Cid

Crónicas da Terra

Dance Not Dance

Deep & Lounge

Easy M

Electro-Lights

Electroshocker

Error_404

Grooves Clash

Hit Da Breakz

Intervenções Sonoras

Juramento Sem Bandeira

Major Eléctrico

Mundo Urbano

Música Digital

Music Producer Center

Notas Agudas

O Puto – O Tipo – O Tóto

O Som e a Fúria

Orelha do Ano

Pautas Desafinadas

Percepções

Play On Tape

Quark! Quark!

Queridos Anos 80

R.B.S.

Rádio Tranquera

Revoluções por Minuto

Rita Carmo

Rock em Portugal

Sound + Vision

The Tracker

 

Powered by Blogger

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

[Buy Opera!]

Get Firefox!

Get Thunderbird

Last FM

ouvidos abusados