terça-feira, agosto 30, 2005

[Info] Curtas II

Seguindo a tónica de revisão do post anterior aqui ficam outras impressões que os últimos tempos deixaram. Fica também a esperança de desenvolvimento dos tópicos aqui deixados, num futuro que se quer próximo.

Tom Zé - Do pouco que ouvi neste Verão, este senhor merece toda a atenção. Grande surpresa se revelou e grande desapontamento da minha parte por ter perdido as suas actuações em terras lusas.

!!! - Estes nova iorquinos conquistaram um lugar certo nas minhas audições de Verão com o seu "Louden Up Now". Um dos projectos a ter em conta nos tempos que aí vêem.

Khonor - O seu albúm "Handwriting" é excelente. Prestações ao vivo no último Sonar, despertam a curiosidade para uma visita por cá. Será possível?

Sigur Rós - Os islandeses estão de volta. Bjork tem também um novo trabalho, mas o nosso destaque vai para o novo "Takk". O single "Glósósi" já está disponível na net e muito me agradou. Além do mais a 20 de Novembro estarão no Coliseu de Lisboa. Imperdível.

Deixadas estas notas, espero em breve voltar à escrita mais desenvolvida daqueles que mais otites despertam por aqui.

segunda-feira, agosto 29, 2005

[Info] Curtas

Os últimos tempos têm revelado algumas surpresas, quer a um nível pessoal, quer a nível musical. Sendo que só as segundas interessam para aqui, o facto é que as primeiras têm impedido uma adequada presença no OTITES. Ainda para mais como os tempos que se seguem mais incertos serão, deixo aqui este post resumo dos concertos nestes últimos tempos que assisti na esperança que outros em breve o sigam.

1. Hype@Tejo - Condições logísticas pouco favoráveis, demasiada gente e de música apenas os Spektrum salvaram a noite. Agora que os Chemical Brothers têm um sistema de vídeo e de luzes que faria a inveja de muitos, isso têm.

2. The Gift - Tive a oportunidade de os ver novamente depois do supracitado Hype, desta vez num concerto em nome próprio que confirmou que eles são realmente muito bons no que fazem. Embora o último AM-FM não me tenha convencido, a verdade é que ao vivo não me deixam grandes dúvidas.

3. Paredes de Coura - De longe o melhor festival que me lembro de ter ido. Excelentes condições quer naturais, quer logísticas, um cartaz como poucos e, claro está, os Arcade Fire. Foram a banda do festival e a sua actuação exige um concerto em nome próprio o mais rápido possível. Destaque também para:
- !!!, de que vi, infelizmente, pouco
- os Foo Fighters, que proporcionaram um excelente concerto sendo Dave Grohl um dos melhores frontmans que tive a oportunidade de ver
- os Queens of the Stone Age, que espalharam ondas de devastação sonoras num raio de muitos kilómetros
- os Woven Hand, que irão merece a minha atenção em breve
- e claro está o Mestre, Nick Cave. É o maior. Que concerto...
Pontos menos bons: um som demasiado alto, um cartaz com alinhamentos questionáveis e minha ausência nos Futureheads e Hot Hot Heat.

4. Lisboa Soundz. Admito que uma gripe estava a complicar o meu estado de espírito, mas o facto é que tanto os Mogway como os Franz Ferdinand deram excelentes concertos. Esta liga escocesa, embora jogue em duas frentes bem distintas, joga muito bem.

quinta-feira, agosto 11, 2005

[INFO] Boards of Canada "The Campfire Headphase"



















Um dos discos mais esperados pelos amantes da IDM já tem data marcada: “The Campfire Headphase” dos Boards of Canada irá ser lançado dia 17 de Outubro deste ano (um ano depois da data inicialmente prevista).

Segundo a WARP, “Boards of Canada have finished and mastered their new album, to be released in October - their first release since 2002's Geogaddi! The album is very much classic Boards, building on themes and sounds that can can be heard in their intervening remix work for Beck, cLOUDDEAD and Boom Bip”.

O alinhamento será este:

01 into the rainbow vein
02 chromakey dreamcoat
03 satellite anthem icarus
04 peacock tail
05 dayvan cowboy
06 a moment of clarity
07 '84 pontiac dream
08 sherbert head
09 oscar see through red eye
10 ataronchronon
11 hey saterday sun
12 constants are changing
13 slow this bird down
14 tears from the compound eye
15 farewell fire

Label: warp
Catalog: warpcd123
Date: 17 October 2005 UK
Format: CD

São apenas estas poucas informações que a editora e os BoC lançaram para os media e podem ser consultadas aqui:

+ info:
» WARP
» We Are The Music Makers
» Music 70

terça-feira, agosto 09, 2005

[disco] Garden of Delight "Lutherion I"


Quando se fala em Garden of Delight não se pode só falar em música mas também, obrigatoriamente, numa espécie de doutrina. Ao longo do tempo esta banda alemã, que surgiu em 1991, habituou-nos a um conceito mágico, baseado nas reflexões de inspiração mitológica do líder (highpriest - ?) Artaud Seth, aliado ao som mais obscuro e epicamente negro (os primeiros discos mostram uma grande influência de bandas como Sisters of Mercy e Fields of the Nephilim, por exemplo).

Após o lançamento da trilogia Apocryphal (Apocryphal I: The Fallen; Apocryphal II: The Faithful; Apocryphal Moments), que obteve grande sucesso (diga-se que, principalmente o Apocryphal II, tem alguns registos clássicos e marcantes - muito bom) ente fãs e críticos, seria difícil produzir algo de semelhante dimensão.

A resposta, no entanto, esteve muito à altura com aquilo a que podemos chamar um novo projecto intitulado “Lutherion”. Lutherion I foi lançado já este ano e marca desde já uma mudança muito vincada (quase radical) na musicalidade a que estamos habituados. Trata-se de uma aposta muito mais pesada, industrial até, a fazer lembrar a fórmula usada pelos Rammstein, que retira espaço, praticamente na totalidade, ao rock gótico que sempre vinha associado à banda. A crítica tem sido surpreendentemente favorável, nitidamente rendida ao primeiro impacto profundo que este disco provoca (é impressionante!).
Com uma boa musicalidade (verdadeiramente fantasmagórica), o álbum flui com grande naturalidade provando ser equilibrado e consistente. É extremamente poderoso, pesado e negro, podendo fazer as delícias dos amantes do género. Para estes, podemos até falar em obra-prima, apresentada numa digipack luxuosa com um 2º CD que inclui remisturas e versões (e que estranha versão de Alice, de Sisters of Mercy). Com faixas magnificamente majestosas, das quais destaco forçosamente “Stigmata”, “Bleak Horizon” e “Black Mass”, temos um álbum demoníaco e arrebatador desde as primeiras audições.

Apesar disto tudo, sou da opinião que esta mudança de sonoridade veio afastar os Garden of Delight da lenda que têm vindo a construir (e a destruir aos poucos também; afinal de contas, ao início, este seria um projecto que completaria um ciclo com a edição do sétimo disco, coisa que acabou por não acontecer). Prefiro sinceramente os discos anteriores e a sonoridade característica de uma banda negra e de imagem, tanta gente diz, Lovecraftiana. Não deixa, porém, de ser importante ouvir esta nova proposta, porque marca uma viragem muito demarcada no som de Garden of Delight.

Existem alguns trechos de algumas destas músicas para download (.mp3) no site oficial da banda. Fica aqui o link directo para "Stigmata", "Bleak Horizon", "Black Mass", "Confession", "Necronaut" e "Redemptoris Mater". Dão uma boa ideia do que representa o álbum.

Site oficial: http://www.garden-of-delight.com

 

 

 

Informação sobre o blog (para ler aquando da primeira visita a este blog)

 

Email:

 

 

(Instruções: o que é e o que é preciso fazer?)

 

Emissões:

Podcast 1

Podcast 2

Podcast 3

Podcast 4 (emissão especial)

Podcast 5

Podcast 6

Podcast 7

Podcast 8

Podcast 9

Podcast 10

Podcast 11

Podcast 12

Podcast 13

Podcast 14

Podcast 15

Podcast 16

Podcast 17

Podcast 18

Podcast 19

Podcast 20

 

 

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Fevereiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Novembro 2005

Dezembro 2005

Janeiro 2006

Fevereiro 2006

Março 2006

Abril 2006

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Abril 2007

Maio 2007

Junho 2007

Julho 2007

Agosto 2007

Setembro 2007

Outubro 2007

Novembro 2007

Dezembro 2007

Janeiro 2008

Fevereiro 2008

Março 2008

Abril 2008

Maio 2008

Junho 2008

Julho 2008

Agosto 2008

Setembro 2008

Outubro 2008

Novembro 2008

Dezembro 2008

Fevereiro 2009

Março 2009

Abril 2009

Maio 2009

Junho 2009

Julho 2009

Agosto 2009

Outubro 2009

Novembro 2009

Dezembro 2009

Janeiro 2010

Current Posts

 

 

 

[PODCAST] Emissão 20

 

[OPINIÃO] Newsletter da Flur

 

[INFO] Novo tema dos Portishead

 

[OPINIÃO] Entrevista a António Sérgio pelo Vítor J...

 

[CONCERTO] Muse ao vivo no Pavilhão Atlântico

 

[INFO] Sites e música a rodos

 

[INFO] "Bohemian Rhapsody" pelos Marretas

 

[INFO] Duo Siqueira Lima

 

[OPINIÃO] António Sérgio

 

[INFO] Steppas Deligh Vol. 2

 

 

 

 

Posts referentes aos discos mais marcantes de cada redactor do "otites":

 

Juiz:

[DISCO(s): marcante(s)] “Três Selecções

 

Work Buy Consume Die:

[DISCO: marcante] “Blue Lines” Massive Attack

 

Rudi:

[disco mais marcante] "Specials" The Specials

 

Serebelo:

[Disco mais marcante] "Hope Blister" ...smile´s ok

 

Escrito:

[discos mais marcantes] Três selecções

 

Kid Cavaquinho:

[disco mais marcante] Alpha - Come From Heaven

 

CrazyMaryGold:

[discos mais marcantes] Incunabula & Amber...

 

 

Work Buy Consume Die:

 

Escrito:

Rudi:

The English Beat - Beat This
Erode - Tempo Che Non Ritorna
Dance Hall Crashers - 1989-1992 (1993)
One Step Beyond - 45 Classic Ska Hits
The Redskins - Neither Washington Nor Moscow

 

Serebelo:

Tom Zé - Imprensa Cantada

Gorillaz - Demon Days

Bloc Party - Silent Alarm

Arcade Fire - Funeral

!!! - Louden Up Now

 

Kid Cavaquinho:

Africa Funk - Vol. 1

Cubanismo! - Malembe

Gor - Crosaides

Zeca Afonso - Galinhas do mato

Rão Kyao - Porto alto

 

 

 

1 Pouco Mouco

Alta Fidelidade

A Big Black Boat

A Vítima Respira

Braindance

Bitlogger!

Caixa de Ritmos

Clube de Fans do José Cid

Crónicas da Terra

Dance Not Dance

Deep & Lounge

Easy M

Electro-Lights

Electroshocker

Error_404

Grooves Clash

Hit Da Breakz

Intervenções Sonoras

Juramento Sem Bandeira

Major Eléctrico

Mundo Urbano

Música Digital

Music Producer Center

Notas Agudas

O Puto – O Tipo – O Tóto

O Som e a Fúria

Orelha do Ano

Pautas Desafinadas

Percepções

Play On Tape

Quark! Quark!

Queridos Anos 80

R.B.S.

Rádio Tranquera

Revoluções por Minuto

Rita Carmo

Rock em Portugal

Sound + Vision

The Tracker

 

Powered by Blogger

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

[Buy Opera!]

Get Firefox!

Get Thunderbird

Last FM

ouvidos abusados