quinta-feira, outubro 12, 2006

[DISCO(s) Mais Marcante(s)]

Tal como o Escrito, terei que escolher três discos, que em diferentes momentos da minha vida e por razões diversas os posso considerar como "os discos da minha vida" (apesar de a expressão poder ser um pouco forte).

Nirvana, In Utero, 1993, Geffeen Records
Em 1993 e depois do êxito de «Nevermind» "nasce" esta obra prima do rock, grunge, punk... (o que lhe quiserem chamar.) O terceiro àlbum de originais, ao contrário do que seria de esperar, não seguiu a "fórmula" (vencedora) de «Nevermind», ao invés é um àlbum mais denso, crú, melancólico e pesado.
Passado cerca de uma ano do lançamento desta «obra prima» Kurt Cobain morre, fazendo de «In Utero» o derradeiro àlbum de originais da banda de Seattle, e para mim o melhor de todos. Este àlbum fez-me despertar para a música.







***
Radiohead, Ok Computer, 1997, Emi Int'l
Quando este àlbum saíu eu não soube apreciar o seu devido valor, passando-me completamente «ao lado», talvez por este àlbum estar muito à frente do seu tempo. Só vários anos depois é que o meu cérebro o pôde compreender, e a partir daí perceber também os próprios Radiohead, bem como os seus restantes àlbuns.
«Ok Computer» é a transição de um rock crú, para uma experimentação musical (muito bem conseguida) que inclui batidas electrónicas (ainda não muito visível neste disco), com uma sonoridade muito melódica e muito própria.
Este àlbum é seguramente um dos melhores da década de '90 (se me é permitido dizer), e um dos àlbuns que mais tenho ouvido, principalmente para adormecer, devido à sua melodia que é extremamente calmante e terapêutica.
+info :
***
The Mars Volta, De-Loused in the Comatorium, 2003, Universal Music

O àlbum que (me) trouxe um lado da música que eu ainda não conhecia, a música como um filme. O àlbum conta a história de Cerpin Taxt, uma personagem criada por Cedric Bixler (vocalista), que tenta suicidar-se através de uma overdose de morfina. A tentativa acaba em coma, durante o qual o àlbum (história), tem lugar, através daquilo que Cerpin Taxt "vê" e "experimenta" durante o coma. No fim, ele acorda e insatisfeito salta para a sua morte. Cerpin Taxt é o alter-ego de Julio Venegas, artista de El Paso, Texas, e amigo de Cedric, e este álbum é em sua memória. Este é um disco com letras enigmáticas, ritmos latinos, frequentes mudanças de tempo e riffs frenéticos.

+ info :
» Site oficial da banda
» Informações do álbum na wikipédia
» Myspace da banda

 

 

 

Informação sobre o blog (para ler aquando da primeira visita a este blog)

 

Email:

 

 

(Instruções: o que é e o que é preciso fazer?)

 

Emissões:

Podcast 1

Podcast 2

Podcast 3

Podcast 4 (emissão especial)

Podcast 5

Podcast 6

Podcast 7

Podcast 8

Podcast 9

Podcast 10

Podcast 11

Podcast 12

Podcast 13

Podcast 14

Podcast 15

Podcast 16

Podcast 17

Podcast 18

Podcast 19

Podcast 20

 

 

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Fevereiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Novembro 2005

Dezembro 2005

Janeiro 2006

Fevereiro 2006

Março 2006

Abril 2006

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Abril 2007

Maio 2007

Junho 2007

Julho 2007

Agosto 2007

Setembro 2007

Outubro 2007

Novembro 2007

Dezembro 2007

Janeiro 2008

Fevereiro 2008

Março 2008

Abril 2008

Maio 2008

Junho 2008

Julho 2008

Agosto 2008

Setembro 2008

Outubro 2008

Novembro 2008

Dezembro 2008

Fevereiro 2009

Março 2009

Abril 2009

Maio 2009

Junho 2009

Julho 2009

Agosto 2009

Outubro 2009

Novembro 2009

Dezembro 2009

Janeiro 2010

 

 

[INFO] Noite CD-R comemora primeiro aniversário

 

[DISCO] DJ Shadow "Outsider"

 

[INFO] Encerramento do Hard Club

 

[EVENTO]

 

[INFO] Entrevistas no Cotonete

 

[INFO] Blitz Nº4

 

[DISCO] VA - "Dubstep Allstars: Vol. 04 Mixed by Y...

 

[disco] Ratos De Porão "Homem Inimigo do Homem"

 

[DISCO] Boxcutter "Oneiric"

 

[INFO] Fim da Output Recordings

 

 

 

 

Posts referentes aos discos mais marcantes de cada redactor do "otites":

 

Juiz:

[DISCO(s): marcante(s)] “Três Selecções

 

Work Buy Consume Die:

[DISCO: marcante] “Blue Lines” Massive Attack

 

Rudi:

[disco mais marcante] "Specials" The Specials

 

Serebelo:

[Disco mais marcante] "Hope Blister" ...smile´s ok

 

Escrito:

[discos mais marcantes] Três selecções

 

Kid Cavaquinho:

[disco mais marcante] Alpha - Come From Heaven

 

CrazyMaryGold:

[discos mais marcantes] Incunabula & Amber...

 

 

Work Buy Consume Die:

 

Escrito:

Rudi:

The English Beat - Beat This
Erode - Tempo Che Non Ritorna
Dance Hall Crashers - 1989-1992 (1993)
One Step Beyond - 45 Classic Ska Hits
The Redskins - Neither Washington Nor Moscow

 

Serebelo:

Tom Zé - Imprensa Cantada

Gorillaz - Demon Days

Bloc Party - Silent Alarm

Arcade Fire - Funeral

!!! - Louden Up Now

 

Kid Cavaquinho:

Africa Funk - Vol. 1

Cubanismo! - Malembe

Gor - Crosaides

Zeca Afonso - Galinhas do mato

Rão Kyao - Porto alto

 

 

 

1 Pouco Mouco

Alta Fidelidade

A Big Black Boat

A Vítima Respira

Braindance

Bitlogger!

Caixa de Ritmos

Clube de Fans do José Cid

Crónicas da Terra

Dance Not Dance

Deep & Lounge

Easy M

Electro-Lights

Electroshocker

Error_404

Grooves Clash

Hit Da Breakz

Intervenções Sonoras

Juramento Sem Bandeira

Major Eléctrico

Mundo Urbano

Música Digital

Music Producer Center

Notas Agudas

O Puto – O Tipo – O Tóto

O Som e a Fúria

Orelha do Ano

Pautas Desafinadas

Percepções

Play On Tape

Quark! Quark!

Queridos Anos 80

R.B.S.

Rádio Tranquera

Revoluções por Minuto

Rita Carmo

Rock em Portugal

Sound + Vision

The Tracker

 

Powered by Blogger

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

[Buy Opera!]

Get Firefox!

Get Thunderbird

Last FM

ouvidos abusados