segunda-feira, março 17, 2008

[INFO] O concerto cancelado dos Tokio Hotel




Uma das notícias deste fim-de-semana foi o cancelamento do concerto dos Tokio Hotel que deixou em desespero milhares de fans da banda. Devido a uma laringite do vocalista da banda, esta não pode actuar.

Ora bem, nem seria motivo de interesse pese o facto de parte dos 17.000 admiradores entrarem em colapso com esta notícia. A discussão na página do Blitz com a notícia é exemplificativa da conversa entre fans e outros que gozam o prato de ver meninas a chorar baba e ranho pela sua banda favorita (desde quando vemos isto?). No vídeo da SIC as vozes clamam bem alto por justiça, sendo os pais os que mais frustrados devem ter ficado: Levar o(a) seu rebento a ver uma banda desta categoria e o(a) petiz vir sem estória para contar na C+S deve ser amargo...



Mais que as imagens fica a tristeza que todos já sofremos. Enfim, mais que as imagens, as palavras (da Sílvia):

"NINGUÉM, que não tenha lá estado, faz ideia do que se pôde ver hoje à tarde no Parque das Nações.

Eu NUNCA VI NADA ASSIM!

Não sou FÃ da banda, mas num impulso decidi comprar o bilhete e ir ao concerto.

Louca, cheguei apenas com duas horas de antecedência. Já o Parque das Nações estava apinhado de gente. As varandas no topo do centro comercial Vasco da Gama reuniam um sem número de pessoas que pararam para assistir ao fenómeno. As dezenas de filas para entrar no Pavilhão pareciam não ter fim.

Para um público que se evidenciava maioritariamente feminino, a quantidade de rapazes era SURPREENDENTE!

Muitos acompanhavam as namoradas, outros compareciam por vontade própria.
Grupos de amigas trajadas a rigor para a ocasião, outras nem por isso, e muitos pais com filhos tão entusiasmos quanto eles.

A ansiedade era grande, o cansaço da espera ainda maior. Finalmente entramos. Um pavilhão preparado para receber 17 mil pessoas, já se encontrava quase sufocante. O palco parecia perder-se naquela imensidão de gente. A música que tocava aumentava a adrenalina e sempre que se calava, uma enchente de gritos ressoava por todo o Pavilhão: “Tokio Hotel! Tokio Hotel!”

“Bills” e “Toms” espreitavam de todos os lados, nos posters espalhados pelo recinto, milhares de cartolinas com mensagens escritas em alemão se erguiam bem no alto .

Muito entusiasmo, MUITOS DESMAIOS!

Por volta das 20h, sobe ao palco um representante da EiN e comunica, com alguma dificuldade, aquilo que eu já suspeitava: “O Bill está muito doente e por isso o concerto foi cancelado. A boa notícia é que o concerto será adiado para dia 29 de Junho.”

Momentos depois sobem ao palco os outros três elementos da banda e Tom Kaulitz (em alemão para toda a gente perceber!! ) esclarece o sucedido e pede desculpas.

Os instantes seguintes deram lugar a um cenário, não muito longe de uma pós guerra.

Os DESMAIOS AUMENTARAM, e O CHORO ERA MAIS QUE MUITO. Murros contra as paredes, gritos de revolta, corpos jogados no chão, dobrados sobre si mesmos, sem forças para se levantarem. Abraços de conforto, rostos em choque.

Permaneci de pé, estática, de olhar incrédulo perante tal cenário desolador.
Não consegui conter as gargalhadas perante algumas situações. Diante doutras senti pena. Não fui capaz de fotografar ninguém. Era demasiado triste. No fundo eu era capaz de perceber o que elas estavam a sentir.

Meses e meses de espera, a aguardar pelo dia do tão desejado concerto, meetings realizados, presentes para oferecer, iniciativas para concretizar e tornar o concerto inesquecível, viagens de tão longe, DE OUTROS PAÍSES, para poder estar ali, perto dos ídolos que mal puderam ver. Sonhos, sonhos e sonhos…

Cá fora, no perímetro que delimitava o recinto, o chão coberto de lixo acumulado das pernoitadas, conferia à paisagem um ar ainda mais agreste. Por entre as caras pesarosas e as maquilhagens borradas, já outras se conformavam e encaravam a situação com mais tranquilidade. Ouviam-se lamentos, “porquês” e trocas de opiniões sobre o sucedido.

Algumas esperavam que os elementos da banda pudessem vir cá fora, para dar autógrafos ou acenar de longe. Mas os minutos foram passando, e depressa perceberam que tudo estava perdido. O frio desencorajador fez grande parte dispersar rumo a casa. Outras, porém, permaneceram quietas, debaixo da noite, a afogar a tristeza."

 

 

 

Informação sobre o blog (para ler aquando da primeira visita a este blog)

 

Email:

 

 

(Instruções: o que é e o que é preciso fazer?)

 

Emissões:

Podcast 1

Podcast 2

Podcast 3

Podcast 4 (emissão especial)

Podcast 5

Podcast 6

Podcast 7

Podcast 8

Podcast 9

Podcast 10

Podcast 11

Podcast 12

Podcast 13

Podcast 14

Podcast 15

Podcast 16

Podcast 17

Podcast 18

Podcast 19

Podcast 20

 

 

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Fevereiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Novembro 2005

Dezembro 2005

Janeiro 2006

Fevereiro 2006

Março 2006

Abril 2006

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Abril 2007

Maio 2007

Junho 2007

Julho 2007

Agosto 2007

Setembro 2007

Outubro 2007

Novembro 2007

Dezembro 2007

Janeiro 2008

Fevereiro 2008

Março 2008

Abril 2008

Maio 2008

Junho 2008

Julho 2008

Agosto 2008

Setembro 2008

Outubro 2008

Novembro 2008

Dezembro 2008

Fevereiro 2009

Março 2009

Abril 2009

Maio 2009

Junho 2009

Julho 2009

Agosto 2009

Outubro 2009

Novembro 2009

Dezembro 2009

Janeiro 2010

 

 

[DISCO] 23Hz & Numaestro - "Al-Andalus"/"Praise Du...

 

[INFO] Dubstep Goes South

 

[NETAUDIO] Shelter - Sleepyhead falls off the edge...

 

[INFO] Beats Play Free

 

[LINKS] Actualização de ligações

 

[PODCAST] Emissão 16 "O Canto do Cisne - Emissão E...

 

[PODCAST] Emissão 15 "O Canto do Cisne"

 

[PODCAST] Emissão 14 "Desgarrada Amargurada"

 

[INFO] Ogata T3tsuo (Mimi records) hoje no Quebra ...

 

[REPORTAGEM] Dêem skillz aos artistas!

 

 

 

 

Posts referentes aos discos mais marcantes de cada redactor do "otites":

 

Juiz:

[DISCO(s): marcante(s)] “Três Selecções

 

Work Buy Consume Die:

[DISCO: marcante] “Blue Lines” Massive Attack

 

Rudi:

[disco mais marcante] "Specials" The Specials

 

Serebelo:

[Disco mais marcante] "Hope Blister" ...smile´s ok

 

Escrito:

[discos mais marcantes] Três selecções

 

Kid Cavaquinho:

[disco mais marcante] Alpha - Come From Heaven

 

CrazyMaryGold:

[discos mais marcantes] Incunabula & Amber...

 

 

Work Buy Consume Die:

 

Escrito:

Rudi:

The English Beat - Beat This
Erode - Tempo Che Non Ritorna
Dance Hall Crashers - 1989-1992 (1993)
One Step Beyond - 45 Classic Ska Hits
The Redskins - Neither Washington Nor Moscow

 

Serebelo:

Tom Zé - Imprensa Cantada

Gorillaz - Demon Days

Bloc Party - Silent Alarm

Arcade Fire - Funeral

!!! - Louden Up Now

 

Kid Cavaquinho:

Africa Funk - Vol. 1

Cubanismo! - Malembe

Gor - Crosaides

Zeca Afonso - Galinhas do mato

Rão Kyao - Porto alto

 

 

 

1 Pouco Mouco

Alta Fidelidade

A Big Black Boat

A Vítima Respira

Braindance

Bitlogger!

Caixa de Ritmos

Clube de Fans do José Cid

Crónicas da Terra

Dance Not Dance

Deep & Lounge

Easy M

Electro-Lights

Electroshocker

Error_404

Grooves Clash

Hit Da Breakz

Intervenções Sonoras

Juramento Sem Bandeira

Major Eléctrico

Mundo Urbano

Música Digital

Music Producer Center

Notas Agudas

O Puto – O Tipo – O Tóto

O Som e a Fúria

Orelha do Ano

Pautas Desafinadas

Percepções

Play On Tape

Quark! Quark!

Queridos Anos 80

R.B.S.

Rádio Tranquera

Revoluções por Minuto

Rita Carmo

Rock em Portugal

Sound + Vision

The Tracker

 

Powered by Blogger

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

[Buy Opera!]

Get Firefox!

Get Thunderbird

Last FM

ouvidos abusados