quinta-feira, novembro 13, 2008

[OPINIÃO] Os novos horários do Bairro Alto



Sobre os novos horários no Birro Alto já muitos deram opinião. Como tudo, há dois lados. Deixo aqui o texto enviado numa mailing-list da Flur, com cabeça, tronco e membros:

"bairro alto.
já todos lá estivemos, vivemos, bebemos,
passámos e ouvimos música,
fizemos coisas reprováveis
e mudámos a nossa vida por uma noite que fosse.
nos últimos anos deixou de ser importante diferenciar bares,
já que a esmagadora maioria das pessoas ou prefere
ou não tem outra alternativa que não permanecer na rua.
para dizer a verdade, esta é normalmente a melhor opção,
apesar de agora, sem tabaco, o interior dos bares
ter recuperado ar para nós.
atitude ridícula, a de uma rapariga nas notícias, há dias,
em resistência à imposição de encerramento dos bares às 2h da manhã,
dizendo que ficaria na rua a fazer barulho depois dessa hora.
duh, precisamente o que já se faz,
pouca gente parece pensar nos moradores,
já que é normal reivindicar o bairro como terreno de entretenimento,
2 da manhã só é uma hora inconcebível para encerrar bares
por causa do hábito de começar as noites efectivamente depois da meia-noite,
chegar invariavelmente tarde a concertos e sets de dj,
estes relegados para horas obscenas para quem tem uma vida normal.
um dos problemas é ter de reger quase todos os horários do que acontece à noite
pelas vidas de quem parece que não faz nada durante o dia.
e se alguns comerciantes do bairro se queixam agora de ter de fechar mais cedo,
também ninguém pensa, por exemplo, nos bares de outras zonas
que só passam a ter gente depois das 4 da manhã
quando as pessoas descem do bairro alto?
muitos ângulos para pensar, mas uma coisa parece certa:
o sistema actual de funcionamento do bairro alto
faz a zona equivaler-se a um parque de diversões
que condiciona horários nocturnos muito para lá dos seus limites geográficos.
não dêem aos putos tudo o que eles querem,
isso é psicologia básica."

 

 

 

Informação sobre o blog (para ler aquando da primeira visita a este blog)

 

Email:

 

 

(Instruções: o que é e o que é preciso fazer?)

 

Emissões:

Podcast 1

Podcast 2

Podcast 3

Podcast 4 (emissão especial)

Podcast 5

Podcast 6

Podcast 7

Podcast 8

Podcast 9

Podcast 10

Podcast 11

Podcast 12

Podcast 13

Podcast 14

Podcast 15

Podcast 16

Podcast 17

Podcast 18

Podcast 19

Podcast 20

 

 

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Fevereiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Novembro 2005

Dezembro 2005

Janeiro 2006

Fevereiro 2006

Março 2006

Abril 2006

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Abril 2007

Maio 2007

Junho 2007

Julho 2007

Agosto 2007

Setembro 2007

Outubro 2007

Novembro 2007

Dezembro 2007

Janeiro 2008

Fevereiro 2008

Março 2008

Abril 2008

Maio 2008

Junho 2008

Julho 2008

Agosto 2008

Setembro 2008

Outubro 2008

Novembro 2008

Dezembro 2008

Fevereiro 2009

Março 2009

Abril 2009

Maio 2009

Junho 2009

Julho 2009

Agosto 2009

Outubro 2009

Novembro 2009

Dezembro 2009

Janeiro 2010

 

 

[INFO] From Lisbon with Love: Buraka Som Sistema

 

[INFO] Efeito Borboleta

 

Aphex Twin

 

[INFO] Beats Play Free no Quebra

 

[INFO] "The next dubstep"

 

[INFO] O fim da mono¨cromatica?

 

[INFO] Há dubstep no Musicbox

 

[INFO] A "cassette" está de volta

 

[INFO] Beats Play Free em Beja

 

[INFO] Nova loja de vinil em Lisboa "Vinyl For Lif...

 

 

 

 

Posts referentes aos discos mais marcantes de cada redactor do "otites":

 

Juiz:

[DISCO(s): marcante(s)] “Três Selecções

 

Work Buy Consume Die:

[DISCO: marcante] “Blue Lines” Massive Attack

 

Rudi:

[disco mais marcante] "Specials" The Specials

 

Serebelo:

[Disco mais marcante] "Hope Blister" ...smile´s ok

 

Escrito:

[discos mais marcantes] Três selecções

 

Kid Cavaquinho:

[disco mais marcante] Alpha - Come From Heaven

 

CrazyMaryGold:

[discos mais marcantes] Incunabula & Amber...

 

 

Work Buy Consume Die:

 

Escrito:

Rudi:

The English Beat - Beat This
Erode - Tempo Che Non Ritorna
Dance Hall Crashers - 1989-1992 (1993)
One Step Beyond - 45 Classic Ska Hits
The Redskins - Neither Washington Nor Moscow

 

Serebelo:

Tom Zé - Imprensa Cantada

Gorillaz - Demon Days

Bloc Party - Silent Alarm

Arcade Fire - Funeral

!!! - Louden Up Now

 

Kid Cavaquinho:

Africa Funk - Vol. 1

Cubanismo! - Malembe

Gor - Crosaides

Zeca Afonso - Galinhas do mato

Rão Kyao - Porto alto

 

 

 

1 Pouco Mouco

Alta Fidelidade

A Big Black Boat

A Vítima Respira

Braindance

Bitlogger!

Caixa de Ritmos

Clube de Fans do José Cid

Crónicas da Terra

Dance Not Dance

Deep & Lounge

Easy M

Electro-Lights

Electroshocker

Error_404

Grooves Clash

Hit Da Breakz

Intervenções Sonoras

Juramento Sem Bandeira

Major Eléctrico

Mundo Urbano

Música Digital

Music Producer Center

Notas Agudas

O Puto – O Tipo – O Tóto

O Som e a Fúria

Orelha do Ano

Pautas Desafinadas

Percepções

Play On Tape

Quark! Quark!

Queridos Anos 80

R.B.S.

Rádio Tranquera

Revoluções por Minuto

Rita Carmo

Rock em Portugal

Sound + Vision

The Tracker

 

Powered by Blogger

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

[Buy Opera!]

Get Firefox!

Get Thunderbird

Last FM

ouvidos abusados