quinta-feira, agosto 31, 2006

[INFO] Química FM

A partir de 1 de Setembro haverá no ar uma nova rádio. A Química FM vai dar música em 105.4 e irá emitir a partir de Cascais para a Grande Lisboa. “É um projecto financeira e esteticamente independente, motivado pelo prazer de fazer e ouvir rádio. É uma rádio feita por pessoas, e não uma máquina de alinhar discos.

Na Química FM não há playlists. O que há, acima de tudo, é a música que melómanos de longa data – entre músicos, DJs e jornalistas – acumularam e continuam a acumular nas suas colecções.

Na Química FM haverá pop, haverá electrónica, haverá as chamadas músicas do mundo, haverá jazz, haverá espaço para experiências sónicas, haverá reggae e, naturalmente, haverá atenção sobre a produção portuguesa.

É o alinhamento de programas mais generalistas e de uma considerável dose de programas de autor, a área onde toda a História da rádio sempre conheceu maior criatividade.

A partir de 1 de Setembro, a Grande Lisboa passa a ter uma alternativa real ao tom monocórdico que caracteriza o espectro radiofónico. Passa a ter uma rádio com gente dentro.” Para ler o texto completo.

Como o site da rádio ainda está em stand by, sob o signo do Google descubro alguns programas que vão ter espaço radiofónico na Química: Um de punk rock com o DJ Billy, chama-se"77" e tem a duração de uma hora sendo emitido todas as quintas-feiras.

Outro programa é da responsabilidade do Vítor Junqueira do Juramento sem Bandeira e do J G do Grandes Sons. O “Triangulo Escaleno” já tem blogue e versa assim: “Juntam-se dois amigos e convidam um terceiro para lhes fazer companhia todos os domingos à noite, para falar de si e da música que o rodeia. Ao longo de duas horas, ouve-se e fala-se de música no plural, argumenta-se, ensaia-se e desmistificam-se os meandros mais obscuros e mais solarengos da música popular destes e de outros dias, fazem-se piropos e declarações de ódio, fala-se da actualidade e apresenta-se a semana de palcos que aí se inicia. E o triângulo que se senta à mesa é escaleno, em prol da diversidade angular, contra a uniformização, contra os triângulos isósceles e outras figuras geométricas de lados e ângulos sempre iguais que teimam em invadir os nossos ouvidos.

Triângulo Escaleno é realizado por João Gonçalves e Vítor Junqueira, que se conheceram em 98, na Musicnet, quando um colaborava e o outro dirigia aquele projecto entretanto extinto. João colabora actualmente com o Disco Digital e com a Mondo Bizarre. Vítor escreveu em 2004 a biografia dos Mão Morta, "Narradores da Decadência", e colabora com a Mondo Bizarre.”

Para já, espera-se.

 

 

 

Informação sobre o blog (para ler aquando da primeira visita a este blog)

 

Email:

 

 

(Instruções: o que é e o que é preciso fazer?)

 

Emissões:

Podcast 1

Podcast 2

Podcast 3

Podcast 4 (emissão especial)

Podcast 5

Podcast 6

Podcast 7

Podcast 8

Podcast 9

Podcast 10

Podcast 11

Podcast 12

Podcast 13

Podcast 14

Podcast 15

Podcast 16

Podcast 17

Podcast 18

Podcast 19

Podcast 20

 

 

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Fevereiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Novembro 2005

Dezembro 2005

Janeiro 2006

Fevereiro 2006

Março 2006

Abril 2006

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Abril 2007

Maio 2007

Junho 2007

Julho 2007

Agosto 2007

Setembro 2007

Outubro 2007

Novembro 2007

Dezembro 2007

Janeiro 2008

Fevereiro 2008

Março 2008

Abril 2008

Maio 2008

Junho 2008

Julho 2008

Agosto 2008

Setembro 2008

Outubro 2008

Novembro 2008

Dezembro 2008

Fevereiro 2009

Março 2009

Abril 2009

Maio 2009

Junho 2009

Julho 2009

Agosto 2009

Outubro 2009

Novembro 2009

Dezembro 2009

Janeiro 2010

 

 

[INFO] Portishead e MySpace

 

[INFO] Tool e Muse em Lisboa

 

[INFO] Netaudio’06: the London Netlabel Festival

 

[INFO] Jornal "UM"

 

[INFO] Links

 

[DISCO] Buraka Som Sistema "From Buraka to the Wor...

 

[INFO] Massive Attack

 

[DISCO] Burial - Burial

 

[INFO] Autechre

 

[INFO] Nattvaktaren & Moe Lodin "Baby Lemonade"

 

 

 

 

Posts referentes aos discos mais marcantes de cada redactor do "otites":

 

Juiz:

[DISCO(s): marcante(s)] “Três Selecções

 

Work Buy Consume Die:

[DISCO: marcante] “Blue Lines” Massive Attack

 

Rudi:

[disco mais marcante] "Specials" The Specials

 

Serebelo:

[Disco mais marcante] "Hope Blister" ...smile´s ok

 

Escrito:

[discos mais marcantes] Três selecções

 

Kid Cavaquinho:

[disco mais marcante] Alpha - Come From Heaven

 

CrazyMaryGold:

[discos mais marcantes] Incunabula & Amber...

 

 

Work Buy Consume Die:

 

Escrito:

Rudi:

The English Beat - Beat This
Erode - Tempo Che Non Ritorna
Dance Hall Crashers - 1989-1992 (1993)
One Step Beyond - 45 Classic Ska Hits
The Redskins - Neither Washington Nor Moscow

 

Serebelo:

Tom Zé - Imprensa Cantada

Gorillaz - Demon Days

Bloc Party - Silent Alarm

Arcade Fire - Funeral

!!! - Louden Up Now

 

Kid Cavaquinho:

Africa Funk - Vol. 1

Cubanismo! - Malembe

Gor - Crosaides

Zeca Afonso - Galinhas do mato

Rão Kyao - Porto alto

 

 

 

1 Pouco Mouco

Alta Fidelidade

A Big Black Boat

A Vítima Respira

Braindance

Bitlogger!

Caixa de Ritmos

Clube de Fans do José Cid

Crónicas da Terra

Dance Not Dance

Deep & Lounge

Easy M

Electro-Lights

Electroshocker

Error_404

Grooves Clash

Hit Da Breakz

Intervenções Sonoras

Juramento Sem Bandeira

Major Eléctrico

Mundo Urbano

Música Digital

Music Producer Center

Notas Agudas

O Puto – O Tipo – O Tóto

O Som e a Fúria

Orelha do Ano

Pautas Desafinadas

Percepções

Play On Tape

Quark! Quark!

Queridos Anos 80

R.B.S.

Rádio Tranquera

Revoluções por Minuto

Rita Carmo

Rock em Portugal

Sound + Vision

The Tracker

 

Powered by Blogger

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

[Buy Opera!]

Get Firefox!

Get Thunderbird

Last FM

ouvidos abusados