terça-feira, maio 24, 2005

[concerto] "Cantando Bajo la Lluvia" (crónia - "Os Musicais")

"O que é que é isso oh meu?"
Seria com esta frase célebre do malogrado comentador desportivo Jorge Perestrelo, que definiria quase todo o meu tudor de desplante perante o Musical 'Cantando Bajo la Lluvia' (CBLL) que encheu durante três noites o Teatro Principal de Alicante.

Este género de espectáculo não me agrada muito (aliás, agrada-me pouco) mas a verdade é que foi-me completamente impossível resistir à tentação de assistir à versão dobrada (é evidente, estando em Espanha) do famoso 'Singing in the Rain' the Gene Kelly.

Desde o popular estilo spoken word que é a revista à portuguesa com pouca qualidade coreográfica e musical até aos fútis e intelegíveis shows de Casino onde abundam maminhas e plumas de registo instrumental, pouco se poderá dizer que vale a pena ver numa coisa destas. Outros espectros deste tipo de animação cultural incluem, a título de exemplo, as obras de Andrew Lloyd Webber como 'Cats' ou as cintilantes e aquarianas libertinisses do 'Jesus Crist Superstar'. Creio que será sempre melhor ver pela televisão do que pagar para ver ao vivo, embora existam excepções.

Os grandes musicais são os que, antes de tudo, têm especiarias raras, seja na composição musical, casos das obras geniais de George & Ira Gershwin com o inesquecível soul gospel de 'Porgy and Bess' ou os palcos em que o swing de Cotton club imperava e fazia brilhar Al Johnson, o branco que se fazia passar por negro, ou ainda da inovação das coreografias de Carmen Miranda ou Josephine Baker cuja desibinição causava espanto. Mas claro isto já era one Man-Woman show e não um musical.

Este CBLL foi um bocadinho fraquinho na cenografia (chuva feita de aspersores e holofotes que parecia uma camabada de mosquitos ) e, entre os demais dançarinos, realmente o duplo de Gene Kelly (Daniel Caballero) sapateava bem mas, a melhor forma de comparar é lembrar as dobragens que o La Féria fez na transformaçao do My Fair Lady em 'Minha Linda Senhora' que me soa horrível e me dá azia. Mas ainda subsiste um público muito vasto para estes musicais, de uma classe etária mais datada e ainda sonhadora das vivências douradas da Holywood dos anos 50.
Eu, tal como o Perestrelo, por 15 euros lá na coxia onde fiquei, com a minha barriguinha chegava e facturava melhor mas enfim, nao me parece que aquí no termomediteraneo vá chover tao cedo e possa dizer 'estou cantando debaixo de chuva'.

 

 

 

Informação sobre o blog (para ler aquando da primeira visita a este blog)

 

Email:

 

 

(Instruções: o que é e o que é preciso fazer?)

 

Emissões:

Podcast 1

Podcast 2

Podcast 3

Podcast 4 (emissão especial)

Podcast 5

Podcast 6

Podcast 7

Podcast 8

Podcast 9

Podcast 10

Podcast 11

Podcast 12

Podcast 13

Podcast 14

Podcast 15

Podcast 16

Podcast 17

Podcast 18

Podcast 19

Podcast 20

 

 

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Fevereiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Novembro 2005

Dezembro 2005

Janeiro 2006

Fevereiro 2006

Março 2006

Abril 2006

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Abril 2007

Maio 2007

Junho 2007

Julho 2007

Agosto 2007

Setembro 2007

Outubro 2007

Novembro 2007

Dezembro 2007

Janeiro 2008

Fevereiro 2008

Março 2008

Abril 2008

Maio 2008

Junho 2008

Julho 2008

Agosto 2008

Setembro 2008

Outubro 2008

Novembro 2008

Dezembro 2008

Fevereiro 2009

Março 2009

Abril 2009

Maio 2009

Junho 2009

Julho 2009

Agosto 2009

Outubro 2009

Novembro 2009

Dezembro 2009

Janeiro 2010

 

 

[Concerto] Perry Blake

 

[INFO] "Otites em Flor"

 

[Info e disco] Fiona Apple "Extraordinary Machine"...

 

[INFO] A Menina da Rádio

 

[Concerto] Mísia no Maxim´s

 

[Disco] Nine Inch Nails "With Teeth"

 

[concerto] Vive La Fête em Lisboa e Sesimbra

 

[concerto] Luís Delgado & ‘ Tânger ‘

 

Info [Zane Lowe]

 

[DISCO] M.I.A. "Arular"

 

 

 

 

Posts referentes aos discos mais marcantes de cada redactor do "otites":

 

Juiz:

[DISCO(s): marcante(s)] “Três Selecções

 

Work Buy Consume Die:

[DISCO: marcante] “Blue Lines” Massive Attack

 

Rudi:

[disco mais marcante] "Specials" The Specials

 

Serebelo:

[Disco mais marcante] "Hope Blister" ...smile´s ok

 

Escrito:

[discos mais marcantes] Três selecções

 

Kid Cavaquinho:

[disco mais marcante] Alpha - Come From Heaven

 

CrazyMaryGold:

[discos mais marcantes] Incunabula & Amber...

 

 

Work Buy Consume Die:

 

Escrito:

Rudi:

The English Beat - Beat This
Erode - Tempo Che Non Ritorna
Dance Hall Crashers - 1989-1992 (1993)
One Step Beyond - 45 Classic Ska Hits
The Redskins - Neither Washington Nor Moscow

 

Serebelo:

Tom Zé - Imprensa Cantada

Gorillaz - Demon Days

Bloc Party - Silent Alarm

Arcade Fire - Funeral

!!! - Louden Up Now

 

Kid Cavaquinho:

Africa Funk - Vol. 1

Cubanismo! - Malembe

Gor - Crosaides

Zeca Afonso - Galinhas do mato

Rão Kyao - Porto alto

 

 

 

1 Pouco Mouco

Alta Fidelidade

A Big Black Boat

A Vítima Respira

Braindance

Bitlogger!

Caixa de Ritmos

Clube de Fans do José Cid

Crónicas da Terra

Dance Not Dance

Deep & Lounge

Easy M

Electro-Lights

Electroshocker

Error_404

Grooves Clash

Hit Da Breakz

Intervenções Sonoras

Juramento Sem Bandeira

Major Eléctrico

Mundo Urbano

Música Digital

Music Producer Center

Notas Agudas

O Puto – O Tipo – O Tóto

O Som e a Fúria

Orelha do Ano

Pautas Desafinadas

Percepções

Play On Tape

Quark! Quark!

Queridos Anos 80

R.B.S.

Rádio Tranquera

Revoluções por Minuto

Rita Carmo

Rock em Portugal

Sound + Vision

The Tracker

 

Powered by Blogger

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

[Buy Opera!]

Get Firefox!

Get Thunderbird

Last FM

ouvidos abusados